quarta-feira, 27 de maio de 2020

Sente-se ao chão de sua casa e sinta o céu de seu próprio lar.


Ao estender o pano xadrez no chão, ele já vem correndo "piquenique, mamãe!" E o sorriso toma conta do rostinho. Já vai logo pegando todos os animais e bebês da casa para nos acompanhar nesta pequena aventura: "o neném também quer comer no piquenique, mamãe", acomoda o neném e corre para trazer mais uma companhia: "o coelho também quer comer com a gente, mamãe, no piquenique". E assim vai, até achar que todos que gostariam de estar ali, estão. Senta-se cheio de animação, já vai tomando o chá, comendo o que já está servido e alimentando os que precisam. "Eu gosto de piquenique, mamãe!!!!". E assim, bem simples assim, a gente constrói memórias de afeto.






Relato da Dilneia, mãe e professora no Relicário, sobre um piquenique em família.

Quando você fecha os olhos e pensa em piquenique em família o que vem a mente?! Um pano ao chão, boa companhia, quitutes saborosos, crianças brincando e o vislumbre do céu.

E que tal experimentar, em tempos de recolhimento, fazer um piquenique em seu lar?! Sente-se ao chão de sua casa e sinta o céu de seu próprio lar.



#semanamundialdobrincar
#brincarentreoceueaterra

A Semana Mundial do Brincar 2020 promovida pela Aliança pela Infância provoca em nós olhares aguçados para o brincar na infância. Este ano a temática é "Brincar entre o céu e a terra". Que tal aguçar o olhar para o brincar da criança que habita seu lar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário e enriquecer ainda mais o nosso trabalho.