quinta-feira, 28 de maio de 2020

O brincar na terra sob as bençãos do céu


Uma casa. Vasos por todo lado. Trepadeiras. Um pequeno lago de peixe. Espadas de São Jorge. Plantas ornamentais. Uma mãe com dedo verde. Presente de sua avó. O dedo? Sim. E toda a vida que emana deste. Uma vontade nascente, crescente. Um canteiro de chás. Ah! A presença da avó, como se tivesse a sussurrar "faz minha filha, faz minha neta, com ervas de benzer, com ervas de sarar". Suas mãos foram logo abrindo espaço, tirando plantas, replantando, doando. E um canteiro que tem desejo de chá, de ervas medicinais brotou. Pequeno no tamanho. Grande na intenção. E não é que esta vontade de mãe pulou para as mãos do menino. E que cuidado! Rega, conversa, reza e quer plantar. Brinca. Trabalha! Com as mãos impregnadas de terra e com a proteção do céu. A bisavó ri ao ver os meninos com desejo de quintal. Como é que o trabalho da mãe virou brincar de menino? Como é que o brincar desta mãe virou trabalho de menino? Eita! Eu cá do céu, diz a avó, abençoo minha neta e seus filhos aí na terra.



























O brincar na terra sob as bençãos do céu lá na casa da Silva com seus filhos Henrique e Lorenzo em dias de recolhimento.


#semanamundialdobrincar
#brincarentreoceueaterra

A Semana Mundial do Brincar 2020 promovida pela Aliança pela Infância provoca em nós olhares aguçados para o brincar na infância. Este ano a temática é "Brincar entre o céu e a terra". Que tal aguçar o olhar para o brincar da criança que habita seu lar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário e enriquecer ainda mais o nosso trabalho.