domingo, 17 de novembro de 2019

Passeios Encantatórios - Biblioteca e SEBO

Cada criança foi chegando com um sorriso estampado no rosto. Ali mesmo, na praça fizemos nossa roda matinal. Alguns poucos combinados e entramos na Biblioteca Pública. Chão de madeira. As crianças já foram tirando seus sapatos e com seus pés pequeninos entrando em outros mundos, vasculhando histórias nos livros. Um tempo se passou. Nos reunimos para uma poesia e uma história lida. A escuta. A história sendo contada baixinho, pertinho como se estivéssemos ao redor de um fogão à lenha. Parecia até que o dia tinha virado noite.















Lá fora. Piquenique. Frutas. Pão de azeite de oliva com ghee. 

A escalada. Nas árvores frondosas que rodeiam o lugar. Com ajuda, é claro!


 


A caminhada. De mãos dadas com um ou dois parceiros.



O Sebo. A escada. O piano. Os livros. O chão de madeira. A escolha. Cada criança com seu livro. "Vou ficar com ele para sempre?" Eles perguntavam. Contei que os livros iam visitar outra família a cada semana e por fim voltariam para suas casas. "Mas vai demorar", as crianças diziam. E uma delas falou: "mas vai voltar o seu livro e no ano que vem a gente vem aqui e faz tudo novamente".

 


O caderno com fita verde. O estojo feito pela Catita, a professora de trabalhos manuais. Os gizes e lápis colorido. Para registrar em casa esta nossa manhã. 


E por fim a roda que fazemos todos os dias, ao final da manhã, no espaço físico do Relicário de Luz. Mas a escola hoje ganhou a rua, a biblioteca, a praça, as árvores frondosas. Ampliou. Virou cidade. Não foi um passeio pedagógico. Foi um passeio encantatório. Visito estes lugares desde a minha infância e sou fascinada pelos livros e pelo silêncio que há ali. E acredito numa educação de alma para alma. Que o meu encantamento pelos mundos que encontro nos livros e pelo silêncio destes lugares possam ressoar até as crianças.

Gratidão as crianças pelo entusiasmo.
Gratidão ao Alberto Ferreira meu companheiro de jornada por topar esta parceria.
Gratidão as famílias pela confiança.
Gratidão as pessoas da Biblioteca Pública e ao SEBO por nos receberem tão bem.

Como disse a pequena Lorena: "hoje foi um dia feliz". 

Gisele Becker
Cofundadora, gestora e professora do Relicário de Luz.
Abril de 2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário e enriquecer ainda mais o nosso trabalho.